Sum sola illusio optica
marciam maia
(verba accommodatio: helium magellanicum olivam)

Sum sola illusio optica
imago virtualis
Speculum post facta
cumque viderit.
tibi non videtis me.
Interdum et intractabilia defluere.
tibi sentire.
et in cubiculum tuum,
in corpore
æther.
Et inepta risu de faciem tuam
Videte manus vacuas
Ego et blandientur.
Et os tuum,
osculum mihi
totum diem
quin tu me vides.


Sou mera ilusão de óptica
Marcia Maia

Sou mera ilusão de óptica
imagem virtual
formada atrás do espelho
em que te olhas.
Tu não me vês nunca.
Às vezes me adivinhas
pressentes
no teu quarto
no teu corpo
etérea.
E eu rio da
tua cara de bobo
olhando as tuas mãos vazias
que eu afago
e a tua boca
que eu beijo
todo dia
sem que me vejas.

ouça @